fbpx

A Embriaguez Habitual à Luz da Jurisprudência. . . A Justiça do trabalho entende que o empregado que se embriaga habitualmente é considerada uma pessoa enferma, que tem uma doença e necessita de um tratamento médico antes de qualquer medida drástica como a demissão por justa causa. . . O TST , é pacífico no entendimento de que a embriaguez habitual se caracteriza como doença, e entende que o empregado deve ter um olhar mais humano para o caso, oferecendo meios/alternativas que vise o empregado a passar por um tratamento para o caso. Contudo, a CLT ainda mantém a embriaguez, seja a habitual ou ocasional, como uma falta grave que pode haver uma dispensa por justa causa. Por esta razão, caso ocorra situações como essa, o empregado poderá recorrer à Justiça do Trabalho para reverter a justa causa e o empregador ter que comprovar que realmente se trata de uma embriaguez ocasional. . . Nesse sentido, o programa de Compliance trabalhista, pode ajudar com o incentivo de campanhas pra conscientização e prevenção do vício. . . Compliance é mais que cumprir leis, normas e regulamentos. . . É vivenciar princípios éticos e minimizar riscos. . . Quer sabe mais ? Envie um direct, ou deixe um comentário. . . Siga @barbaracostaadv ; . . ❤️Curta; . . 💬comente; . 🚀envie a um amigo; . . 🔔ative as notificações.

divimg src=’https://scontent-iad3-1.cdninstagram.com/v/t51.29350-15/107959055_291997612074581_7830053638147174779_n.jpg?_nc_cat=106_nc_sid=8ae9d6_nc_ohc=T_y-puktWJUAX-sdhfJ_nc_ht=scontent-iad3-1.cdninstagram.comoh=3585acab83862603d4c5432946973409oe=5F324055′ style=’max-width:600px;’ /br/divView on Instagram https://instagr.am/p/CCmckGbhTyV//div/div

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fale Conosco
Contato via WhatsApp